20160906 105438 300x.04O presidente do Sindicato APEOC, Anizio Melo, encontrou-se na manhã desta terça-feira (06) com o presidente da Casa do Estudante do Ceará, Moisés Lima, e a primeira secretária da entidade, Vanessa Kelly, na Assembleia Legislativa. Anizio prestou solidariedade à luta dos residentes da instituição, que enfrenta uma das piores crises da história. A Casa do Estudante acolhe atualmente 120 jovens oriundos do interior do Ceará e também de outros estados que estudam em Fortaleza.

Até hoje, a única receita fixa da Associação que mantém a Casa do Estudante é o correspondente a 20% do valor arrecadado com a emissão de carteirinhas de estudante de Fortaleza pela Prefeitura Municipal. A verba é insuficiente para manter as despesas e serviços oferecidos. O refeitório está fechado há três anos e falta dinheiro, inclusive, para a segurança da entidade. Há relatos de casos de assaltos no interior da Casa.

O Sindicato APEOC entende que a luta dos residentes da Casa do Estudante é legítima por garantir há 82 anos um lugar de acolhimento para jovens pobres do interior que estudam na capital. Sendo assim, Anizio Melo disse que o Sindicato está à disposição para ajudar os residentes no que for possível, como apoio em eventos e campanhas.