O Sindicato APEOC participou na tarde desta quarta-feira (22) de uma reunião na sede da CUT-CE, em Fortaleza, para articular a participação da entidade na campanha nacional contra a aprovação da Reforma da Previdência, anunciada pelo governo ilegítimo de Michel Temer. Representantes de movimentos sociais, outros sindicatos e da Frente Brasil Popular também estiveram presentes. O Sindicato APEOC foi representado pelo presidente estadual, Anízio Melo, pelo diretor executivo adjunto da CNTE, Alessandro Carvalho, e pelos professores Mikaelton Carantino (representante de Fortaleza) e Fernanda Sousa (Coletivo de Mulheres).

O Sindicato APEOC segue empenhado na luta contra a Reforma Previdência e, por isso, confirmou participação no Dia Nacional de Luta e paralisação contra a Reforma da Previdência no próximo dia 15 de março. Em Fortaleza, a mobilização dos trabalhadores será na Praça da Bandeira, no Centro, a partir das 8h.

Março de Luta

A Direção Executiva da CUT já traçou a agenda de mobilizações contra a aprovação da reforma da Previdência. O mês de março será nacionalmente marcado por três datas importantes de mobilização de massas: 8/3 (Dia Internacional da Mulher), 15/3 (puxado pela Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação – CNTE) e 31/3 (aniversário do Golpe Civil-Militar de 1964).

Reforma da Morte 

Os efeitos da proposta da Reforma da Previdência são desastrosos. A proposta, já enviada para o Congresso pelo Poder Executivo, acaba com a aposentadoria especial dos professores e iguala o tempo mínimo de contribuição para homens e mulheres.